:: home :: posts passados :: etilíricas :: je me souviens :: microcontos ::


.:: post anterior :: :: :: :: navegue pelos posts :: :: :: :: próximo post ::.

The Singing Detective (1986)

Um amigo cineasta de alma mais caridosa havia me dado a dica há tempos, mas só agora consegui baixar o seriado acima, tido e havido por gente séria como um dos melhores (o melhor?) seriado de TV de todos os tempos (superlativos, por que não usá-los?).Pra quem nunca ouviu falar de Dennis Potter, o roteirista inglês que escreveu o troço, há bons verbetes da Wikipedia aqui e aqui. Uma página dedicada a destrinchar o seriado é esta aqui.

Vi ontem o primeiro episódio (de um total de seis) e duas falas pulam da tela diretamente para qualquer antologia de humor digna deste nome. Na primeira, o personagem principal, que sofre de uma doença horrível que descama sua pele toda, recebe um banho de vaselina da enfermeira gostosa e tenta com todas as forças não ficar de pau duro. Segue seu monólogo interior:

"Think of something boring. For Christ’s sake, think of something very very very boring. A speech. A speech by Ted Heath. A sentence, a long sentence from Bernard Levin. A quiz by Christopher Booker. No – oh think think think – ! Really boring! A Welsh male-voice choir. Everything in 'Punch'. Wage rates in Peru. James Burke. 'Finnegans Wake'. All the bloody Irish. The dog in 'Blue Peter'. Brian Clough and especially James - Henry and Clive. Australian barmen. Ecologists. Semiologists. Guardian Woman's Page. Dear Christ. The Bible. Oh God. Reader's Digest Special Draw Prize. No no. Think. Bible. Bible Psalms. Solomon Song. 'Thy breasts are like...'. Oh no no no..."

O outro trecho é um diálogo entre ele e um dos médicos, que o acusa de ser pessimista:

[Doutor]-- But where are you going to find any equanimity?
[Paciente]-- What?
-- It's an embarrassing question, even between husbands and wives, but what do you believe in?
-- Malthusianism.
- Come again?
-- Malthus, but mandatorily. Compulsory depopulation by infanticide, suicide, genocide or whatever other means suggest themselves. AIDS. That'll do. Why should queers be so special? ...I also believe in cigarettes, cholesterol, alcohol, carbon monoxide, masturbation, the Arts Council, nuclear weapons, the Daily Telegraph, and not properly labelling fatal poisons, but above all else, I believe in the one thing that can come out of people's mouths - vomit.
posted at 16:54:08 on 05-08-2009 by Zeno - Category: Filmes esquisitos


Comentários

Zeno wrote:

E, pros interessados, na própria Wikipedia dá para descobrir quais são as referências que ele utiliza na longa lista de coisas chatas ("Blue Peter", por exemplo, é um programa infantil; "Punch", uma revista de humor, etc, etc). Minha predileta é o tal Coral Masculino do País de Gales...
05-08-2009 16:58:15


Incluir comentário

Este post está fechado. Não é possível adicionar novos comentários a ele ou votá-lo