:: home :: posts passados :: etilíricas :: je me souviens :: microcontos ::


.:: post anterior :: :: :: :: navegue pelos posts :: :: :: :: próximo post ::.

Não era atualização que vocês queriam?

Menos da metade da redação deste prestigioso blogue, reunida sexta passada no jamais suficientemente louvado Bueno, na Liberdade, foi responsável por um assassinato e duas conclusões que exigiram tirocínio redobrado, por razões que já explico.

A assassinada foi uma garrafa de um precioso shotchu legitimamente japonês. Para os não iniciados, trata-se de um destilado (de arroz, no nosso caso, mas o cidadão mais corajoso pode preferir até de batata-doce) que imita a água à perfeição salvo por um detalhe: após a terceira dose, por meio de mágica converte-se num químico capaz de derrubar um lutador de sumô, coisa que água nenhuma faz. Assassinamos garrafa e meia do tal líquido, e olhe que entre nós não havia ninguém que lutasse sumô —ao menos confessadamente.

Em meio a porções de língua grelhada, talharim de arroz apimentado, barriga de porco no missô e outros petiscos, e após as regimentais três doses de shotchu, chegamos às conclusões seguintes:

1) Beringela não é fruta. Beringela não é legume. Beringela é tão-somente um veículo para temperos de toda sorte. Beringela é uma das mais antigas formas de mídia conhecidas do gênero humano. Embora eu não concorde e nem muito menos tenha sido o autor da boutade, rendo-me a ela.

2) O dístico deste blogue, expresso no cabeçalho desde o longíquo ano de 2003, já não é mais verídico há alguns meses. Cogitamos trocá-lo por algo do tipo "Este blogue nao vale nem o próprio slogan", mas o nosso diretor de arte, além de preguiçoso que já era, tornou-se, logo ele, o homem pronto a revogar nosso pendor inato e crônico para o "blackmailing passivo", posto assim. Argentário demais, talvez não tenhamos caixa para suborná-lo e resolvemos nem mexer no leiaute mesmo.

posted at 22:09:02 on 05-07-2009 by Pinto - Category: Editoriais


Comentários

g. y o aoamori wrote:

é vero.
hipo é curtura, inda mais si-fô nipo:
um blogue cum vezguera antropo-etílica, ao fim das conta, na saída, frente aos táxi.
uma berinjela existencial, é isso o que somos, ornitorrínquicos.
talvez.
aqui, recebi um captain kidd pelas venta que precisa de uma turma de assassinos profissa p/ matá, que o cara é 42o. dan, intransponível num mano-a-mano.

já levou o título de casco mais duradouro do bar de mehring aqui:
na última tertúlia, derrubou 3 e inda ficou ali rindo, incólume o canalha...

agora fico eu aqui e ele ali, fingindo que num se vê.
milhór assim.
05-07-2009 22:42:19

l. wrote:

Perdi. Mas, pelo menos, evitei o shotchu do Pinto. Que eu não sou dessas coisas.
06-07-2009 09:59:48

g. no wrote:

ah, atualização monetária:
sampa tá tão cara que tá pau a pau c/ toquio.
coisa de 1o. mundo.
06-07-2009 18:09:46


Incluir comentário

Este post está fechado. Não é possível adicionar novos comentários a ele ou votá-lo