:: home :: posts passados :: etilíricas :: je me souviens :: microcontos ::


.:: post anterior :: :: :: :: navegue pelos posts :: :: :: :: próximo post ::.

Mudando de assunto mais uma vez

Eu me lembro mais ou menos de um poema do Borges em que ele agradecia ao sono por nos dar uma ilusão de recomeço a cada manhã. Eu, que ando nos últimos anos com uma insônia brabíssima, que acrescenta à minha calvície e à minha barriga largas faixas escuras embaixo dos olhos, pensei que o único equivalente a meu alcance é o corte de cabelo. Cada vez que falo pro sujeito "Passa a máquina", sinto um começo de esperança, de renovação, possibilidades zeradas e infinitas (com uma ponta de angústia, até), e a calçada em frente ao barbeiro é testemunha de um novo sujeito recém-jogado no mundo. Acho que o Hegel chamava isso de Entäusserung, ou então é aquilo que o Heidegger entendia por Entworfenheit. Não sei a opinião do meu barbeiro a respeito, mas vou descobrir.

posted at 13:17:17 on 15-10-2008 by Zeno - Category: Tectum Intuentes


Comentários

Pinto wrote:

Esse negócio da insonia deve ser epidemia. Juro. Poker online, alguém?
15-10-2008 13:48:25

vovonoico wrote:

Se o barbeiro for honesto e a lua forte e a epidemia detectada: alten idioten, vão dormir!
15-10-2008 14:22:26

AP wrote:

eu me lembro, quando eu era pequena, de ver minha avó cochilando sentada no sofá e falar para ela:
- vó, vai dormir na cama, assim a senhora vai ficar com dor no pescoço;
e ela respondia:
- não se preocupe minha filha, gente velha não dorme, descoansa os olhos;
e também achava muito estranho que meu avô usasse três travesseiros empilhados para dormir, e eu perguntava para minha mãe como ele conseguia dormir daquele jeito, e a reposta era mais ou menos a mesma.
15-10-2008 16:12:32

Cynthia wrote:

Gesundheidt !
15-10-2008 17:23:51

george solidarnosk wrote:

altenhofen!
e' o que pensa o barbeiro,
e eu assino embaixo.

e, claro, ecce homo (rhrhumm, nada a ver c'o pinto), aos 50 a noite do bruto não e' mais regada a sonia braga, e' de insonia braba mesmo...

mas a vo' ficou assim de tanto fica' de zoio nas arte das fia namorando na sala, eu sei...
15-10-2008 19:00:42


Incluir comentário

Este post está fechado. Não é possível adicionar novos comentários a ele ou votá-lo