Folhinha da Seicho-No-Ie: em sampa agora, uísque, só purinho...



Especial de Natal

[]


tudo a seu tempo

sim, 2013 ainda vige, santa, esse safado, mas sempre operaremos aqui p/ terminar os anos antes que elas (oops) acabem c/ a gente.
e que o que vem permita que se continue o baile que nos damos continuamente, uns aos outros, como aqui:



o que, de fato, é o tal ca(z)pitalismo:

éis o quê :

a partir de um certo, e preciso, est´gio, do tal - e por "substancia" dos 'de si mesmo nele' - gera uma hora em que @s cara pode mandar tudo quilo à merda.

coisa simples:

tá dentro ou tá fora.

só num vale 'creditar nessa merda.

porque é do que se trata: aqui e talvez.

e às vez depende do dr. knôwn na hora dos negociantes dos cunhecimento.

num é mole não.

nem bebedo se perdemo.

nem fudendo.

esse filhadaputa (o tar, do título) é independente da vida (só depende da turma dele),
que é pouquíssima, indeed.
e, mais, tudo que vc fizer à favor dele, prestenção, quase nunca será reciprocad@.

bjs


mad men



ser homem moderno foi duro.
tàí um vive-versa dífící que só.
só tentaram mostrar.
falhamos mizeravelmente.
doeu mas foi divertido que só.


timing

anos são como
filh@s
cada vez mais
de
igual pra igual.


depois da tempestade sempre vem o dormente

morta a carminha, sigamos:

paixões, amor, projetoos, urbanizações, fúrias, confritos, derrotas, poemas, essa coisa toda que mulheres c/ 'expertise' (perícia, nas boas traições de flemming no protuguez) nos despertam nos pertando:
enfim, essa coisa toda pode ser resumida no seguinte:
uma mulher única e comendo tudo, até topar c/ um, digamos, sujeito discreto, elegante, eficaz, e perfeito no que faz e sabe.

maginasó un'spéce de lina bo bardi entrando bahiaadentro nos plenos 50's, só que pianiste, cabeluda rebelde ainda, dos '60's a hoje, que coisa sô.
demonias que, praticamente, nos ma(nda)taram que nossas mãos parassem de andar tão a sós, e 'as metessem' na massa:

marta argerich e nélson freire, aos 24min. do [Leia mais!]


faça-mo-lo

fôra apenas pela lavra de meu próprio punho, ainda assim digovozeria:
o boteco se recusa a fechar o ano de mau humor.



mesmo sob os escombros hepáticos da editoria.
ou os bombradeios poético-cítricos dos ex-gritos da mesma
sobre a derrota etc e tal do seiláuq^. de seiládeonde.

façâ-mo-lo.
semper e cada vez mais.
inda mais que com a idade melhora pela mais simples das economias de meio,
a honesta preguiça.


hokkaido, bem que me falaram

trampo de mestre

mas que viagenzinha legal essa:
uma lua de mel em hokkaido,
e um blogue muito do divertido.

(via ymfy, very cool)


viva v6

e aos seus dias

ache o lama


chutando pedra

é provável que a nano já saiba que o internacional e a internazionale vieram ambos de associação de operário.
devem lembrar que naquela época qu'eles nasceram só esses cara sonhava c/ isso.
então? que clubes assim faríamos hoje?


totoro

então ela me mostrou isso:
totoro,
o desenho animado japones.

feito à mão.

tudo aquarelado.

proibido fora disso, só técnica: tecnologgia só a que a mão precisa.

é, ainda tem disso, às veiz e ainda.
um cara escreveu o livro, um outro viu e gostou (se falaram e fizeram juntos - esquece, tudo errado aqui, o certo é:), o 2o. filme é uma entrevista sobre a influencia do livro - depois desenho animado- que influenciou sua carreira.
foi trocar a bola e sair pro abraço (fica meio sem nexo agora, mas adoro essa frase).

um (foi, correção:) é ator, (o ilustrador - correção:) pinta e desenha também, o outro, o outro já fazia desenho animado de cinema, o escritor, enfim, essas coisas fáceis prachuchú -pra intelectual ocidental etc. e tal- 'sobre' artista japoneis.

bom, óiem só e digam.
é só um pedacinho, mas já alegra quoqé fio.



[Leia mais!]


Aos costumes

Desejamos aos nossos amigos, clientes e fornecedores uma Feliz Páscoa!


presença de anívers

como eu sou, digamos, de poucas luzes no assunto informático, envio, daqui das highlands, uma presa humirde duns amigos dos cafundós dos esteites:
nickelcreek
turminha dum roquinho meio folk meio umontedecoisas batuta nas opção de som e de vida.
entra lá e deixa rolar, o começo é meio estranho mas vai melhorando devagarinho.

mas o mais incrível mesmo é como que isso veio parar aqui. [Leia mais!]


olha que coisa mais linda, mais ...

um texto enxuto.
de como sobreviver aqui.


Especial de Natal: Eu queria...

Paca, tatu, cotia e outros bichos exóticos

...que 2009 fosse um ano de pirarucu!

::uma amêga minha, vocês não conhecem, não::

Clique aqui, envie seu pedido ao Papai Noel e participe você também da "Promoção Hipopótamo Por Um Dia".

(para conhecer os demais pedidos, clique aqui)


Especial de Natal: Eu queria...

... ser um pedaço de pão, pra matar a fome de alguém. Cantemos juntos!

::renato sumidão k.::

Clique aqui, envie seu pedido ao Papai Noel e participe você também da "Promoção Hipopótamo Por Um Dia".

(para conhecer os demais pedidos, clique aqui)


Especial de Natal: Eu queria...

... morrer como meu avô, dormindo tranqüilo, e não gritando desesperadamente, como os quarenta passageiros do ônibus que ele dirigia.

::fatjames::

Clique aqui, envie seu pedido ao Papai Noel e participe você também da "Promoção Hipopótamo Por Um Dia".

(para conhecer os demais pedidos, clique aqui)


Especial de Natal: Eu queria...

... um peru bem gordo (para a ceia, of course).

::anaconda::

Clique aqui, envie seu pedido ao Papai Noel e participe você também da "Promoção Hipopótamo Por Um Dia".

(para conhecer os demais pedidos, clique aqui)


Especial de Natal: Eu queria...

... uma cozinha maior.

::p.aral::

Clique aqui, envie seu pedido ao Papai Noel e participe você também da "Promoção Hipopótamo Por Um Dia".

(para conhecer os demais pedidos, clique aqui)


Especial de Natal: Eu queria...

... muito que o novo hacordo hortográfico tirasse os hagás da frente de todas as palavras, menos de Ipopótamo.

::Gugala, que esqueceu de hassinar::

Clique aqui, envie seu pedido ao Papai Noel e participe você também da "Promoção Hipopótamo Por Um Dia".


Especial de Natal: Eu queria...

ser... Uma folha de papel em branco
Onde as pessoas pudessem escrever
O quanto elas são felizes ou não

Queria ser...Só dez minutos de chuva, pra poder apagar esse fogo que atua
Na tua solidão [Leia mais!]


Especial de Natal: Eu queria...

... não ser um hipopótamo por um dia!

::Gaudério dos Pampas::

Clique aqui, envie seu pedido ao Papai Noel e participe você também da "Promoção Hipopótamo Por Um Dia".


Especial de Natal: Eu queria...

... ser o seu caderninho...

::Jaime - OneWG::

Clique aqui, envie seu pedido ao Papai Noel e participe você também da "Promoção Hipopótamo Por Um Dia".



Especial de Natal: Eu queria...

..."querer nada, mesmo sabendo que é uma contradição."

..."que o mundo fosse de novo do tamanho da minha mão."

Quase virou um poema. Mas acho que estou com SAD.

::I Am Evil::

Clique aqui, envie seu pedido ao Papai Noel e participe você também da "Promoção Hipopótamo Por Um Dia".



Especial de Natal: Eu queria...

... paz na terra aos homens da Legião da Boa Vontade do Paiva Netto.

Clique aqui, envie seu pedido ao Papai Noel e participe você também da "Promoção Hipopótamo Por Um Dia".



Especial de Natal: Eu queria...

...mas depois que a Mulher Melancia sumiu não quero mais nada.

::Luiz Franz::

Clique aqui, envie seu pedido ao Papai Noel e participe você também da "Promoção Hipopótamo Por Um Dia".


.:: :: :: :: :: :: leia os posts anteriores :: :: :: :: :: ::.