:: home :: posts passados :: etilíricas :: je me souviens :: microcontos ::


Todos

Todos os posts do mês. Para selecionar uma seção, clique no menu ao lado.


.:: mês anterior :: :: :: :: August 2015 :: :: :: :: próximo mês ::.

27 Agosto

"magaivering"

agente falava aqui descrevendo a editoria da bagaça riscando certas análhises defronte o 4º dry martini:
alá, lávem ele dando um magaiver na coisa.

e agora, arrá, é oficial:
até na terra do shakespeare.

afinal, numa das melhores do urban dictionary, outra fonte das mais fidedignas,
magaiver é um cara "...que consegue ligar um caminhão usando um cacto".
16:28:38 - George Smiley - Comentar

25 Agosto

call the midwife

anjos andam de bici

eu não sei o que dizer.
lá pelas tantas, só consegui lembrar da camille paglia falando que as mulheres são ctonicas... no personas sexuais, por sinal tomado emprestado por uma amiga e jamais visto novamente...

quer dizer, tudo que eu já passei de sentimento no entorno de mulher, de incompreensões abismais a carinhos infinitos, de paúras invencíveis a raivas assassinas, da admiração mais profunda a dores q´nem pra dar dó davam, serviu, quando muito, p/ eu conseguir ver essa série e gostar até dizer chega.
e chorar em t,o,d,o,s, o,s, c,a,p,í,t,u,l,o,s, tentando surfar um tsunami de emoções inexplicáveis...

e durante e depois, gostar (porque entender, nem pensar), ainda mais das mulheres.
01:47:18 - George Smiley - Comentar

12 Agosto

Os pandeiros do Boldrin


20150812-triptico.jpg

Eu falei ontem, até o limite da chatice, sobre esse disco aqui: Rolando Boldrin - Esquentai Vossos Pandeiros (1998).
No ano em que foi lançado, todo amigo meu que fez festa de aniversário ganhou um de presente. No total, devo ter dado mais de uma dúzia. De modo que se o Rolando me dedurar pra puliça por ter subido o disco, eu convoco ele como testemunha de defesa.

O disco é uma homenagem aos conjuntos vocais das décadas de 40 e 50: Quatro Ases e Um Coringa, Bando da Lua, Anjos do Inferno, Vocalistas Tropicais. Boldrin teve a gentileza de entregar os arranjos instrumentais ao Téo de Barros e os arranjos vocais ao Tasso Bangel, dois caras que sabem o que fazem. Nenhum cantor famoso, só pessoal de estúdio, mas vão ouvindo aí a beleza do que fizeram.

O disco estava no Estoque HZ esperando a liberação da votação do Eduardo Cunha.

Vão lá se lambuzar. [Leia mais!]

.:: mês anterior :: :: :: :: August 2015 :: :: :: :: próximo mês ::.