:: home :: posts passados :: etilíricas :: je me souviens :: microcontos ::


Todos

Todos os posts do mês. Para selecionar uma seção, clique no menu ao lado.


.:: mês anterior :: :: :: :: January 2009 :: :: :: :: próximo mês ::.

31 Janeiro

o mundo gira e a lusitana roda

eu me lembro de ver um artiguinho, ach'que na reader's digest, contando duma filha 'rebelde' que saiu de casa pra cair na vida em l.a., de saco saco cheio dos pais, dois 'hippies' que nada mais faziam a não ser fumar marijuana e cuidar do seu quintal. [Leia mais!]

29 Janeiro

farda mas num talha, a justiça

coffe and cigarettes:
se hopper risse.

28 Janeiro

Coboguices

O sr. Amaury Jr. — E você já viajou no Orient Express?

A sra. perua nativa diréctrice de uma grife estrangeira dessas bem famosas no Brasil, tipo feia mas muito bem vestida, já viu como é, né... — Olha, Amaury, ainda não, mas se Deus quiser, quem sabe, né?

(relato fidedigno de um diálogo com co-proprietário desse espaço)
12:23:48 - Pinto - 3 comentários

27 Janeiro

spy vs. spy

creio que aquela parte da editoria que perfaz a pé o caminho de santiago de cannestela, por uma iluminação autográfica de seus ídolos, terá sérios pobrema de indentidade, a seguir.

25 Janeiro

moderrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrnos que sós

hippos, postíssimos-modernésimos, nada perdem das coisas japonesas.
graças às eficazes conexões locais.

vivam as rotas ao pacífico

e se reclamarem, entramos c/ a michellona, aquela deusa de ébano, que a libido do boteco é democrata...

22 Janeiro

Boa noite e boa sorte

— Esse é o mesmo tipo de gente que desejava "Boa noite" ao Cid Moreira há uns 30 anos — consolou-nos uma amiga sobre as dezenas de pessoas que acorrem a este blogue (só hoje foram duas) procurando (exigindo? invocando?) mais detalhes sobre a Dieta do Doutor Atkins, que debutou aqui en passant num chiste alguns milhares de posts atrás, e hoje se transformou num monstro comentado e recomentado.

Impressionante, aliásm, reparar no acréscimo de visitantes depois das farras de fim de ano. Neguinho chutou o balde, realmente. Mas para mim deu no saco. Não tenho mais nem estômago, sem trocadilho, para fazer troça do episódio, meio que estarrecido com o grau de inadvertência dessa gente tão crédula, apesar de crente que derrotará a balança —talvez por estar muito comovido com os parentes das vítimas da Renascer contribuindo para a reconstrução do templo. Mas para mim já deu:

— Ouvi, irmãos todos, e em seguida ide em paz: Cid Moreira não está nem aí.

Em tempo: também acorreu ao blogue hoje um outro tipo de consulente, cujo dilema existencial segue, aproveitando para solicitar da nanoaudiência nos comentários um adjutório para a devida resposta:

"ola bom dia a todos, gostaria de saber se o bar drosophyla e bar gls, nao tenho nada contra a opçao sexual de cada um mais vou comemorar meu niver lah e se for gls o bar pode ser que alguns dos meus amigos estranhe pois nunca estiveram em um ambiente gls e podem estranhar um pouco."
21:47:46 - Pinto - 14 comentários

21 Janeiro

Tá bom, prometo que termina aqui

21:39:53 - Pinto - 4 comentários

Só mais essa aqui e pronto!

Eu sou neguinha?
18:36:31 - Pinto - Comentar

O teu cabelo não nega

Toda aquela negritude

Faça o seu cartaz aqui.
14:15:57 - Pinto - 4 comentários

20 Janeiro

Faxina

null
21:08:38 - Pinto - 4 comentários

19 Janeiro

Frase culta

"E se isso não for verdade, irmãos, que este teto caia sobre a minha cabeça..."
19:19:28 - Pinto - 7 comentários

18 Janeiro

Uma gracinha puxa a outra



Eis que o outrora vetusto Estadão hoje estampa esta foto de dona Solange Paiva Vieira aí de cima dizendo que ela é "boa de briga" logo na primeira linha da matéria.

Aliás, não sei o que faz a presidente da Anac, sobre quem não vamos incorrer no lugar-comum de chamar de "avião". Concorde. Mas que com ela o caos aéreo ficou muito mais bonito, isso ficou.
15:35:04 - Pinto - 15 comentários

17 Janeiro

Dez sem sair de cima

Acontece que um site chamado Impedimento teve uma idéia excelente: convidar torcedores fanáticos e ilustrados para descrever as dez derrotas mais humilhantes dos seus próprios times.

Acontece que eles tiveram outra idéia excelente e convidaram o impoluto Franciel para descrever as dez maiores humilhações sofridas pelo seu Vitória (viva o Vágner Mancini!).

Acontece, meus amigos, que o céu se abriu e resultou que nem o Vitória, nem o Franciel, nem a internet brasileira e cuíca nem o futebol mundial serão os mesmos depois de belezura de texto que vocês podem ler também aqui.

P.S.: Ah, sim: que saudades do Cícero Ramalho, que não conheci mas que desde já peguei amor.
22:12:36 - Zeno - 9 comentários

16 Janeiro

Trágico Destino (1950)

Vai um contre-plongée aí?

Pra apagar a má impressão do filme do Shyamalan, segue a dica do melhor filme visto nas férias: Where Danger Lives (Trágico Destino), de 1950, noir tardio de primeira qualidade, dirigido pelo John Farrow (pai da Mia), cheio de planos-seqüências sensacionais e discretíssimos, com um daqueles plots de dar água na boca: cirugião bom rapaz (Robert Mitchum) é enganado por femme fatale maluquete e tem de fugir para o México, depois de tomar uma pancada na cabeça que vai deixá-lo emzumbizado pelo resto do filme (imaginem o Mitchum deitando e rolando com a caraterização). A cena em que ele explica o que é uma "concussão", por exemplo, merece entrar em qualquer antologia médico-policialesca.
10:34:57 - Zeno - 4 comentários

15 Janeiro

Os homens preferem as ruivas

A nova é a da direita

Saibam quantos deste público instrumento virem que o novo visual de Dilma Roussef não a deixou, nem a deixará, numa centena de anos, a cara de uma amêga minha, vocês não conhecem, não. Pronto, falei.
21:33:09 - Pinto - 12 comentários

Fim dos Tempos (The Happening), 2008

A solerte Cynthia já havia alertado, mas a teimosia não é privilégio de janeiro, o menos cruel dos meses: assistimos ontem ao tal Fim dos Tempos, e rrRRealmente faltam palavras no novo acordo ortográfico pra descrever a bomba: cenas e cenas que desafiam a paciência com menos de cinco minutos de filme, estilo "Não é possível que eu esteja vendo estes diálogos/atores/decupagens". Não sei o que aconteceu com o tal Shyamalan, mas já passou da hora de ele trocar de medicamento, ou de dosagem. Aquele da Vila já não era grande coisa, o da moça do lago nem vimos, e o próximo só será conferido em estado de embriagez ou semiconsciência voluntária.
08:27:28 - Zeno - 11 comentários

Pra tudo há o lado bom e o ruim

Das férias, o lado ruim é a ausência de voz ativa no botequim: bastou ficar uns dias fora e o restante da redação resolveu contratar outro Zeno a peso de ouro, trazendo a tiracolo uma tal Fordelone que desperta sentimentos lúbricos só com a sonoridade. Cliquem aqui e vejam se não tenho razão.
08:07:46 - Zeno - Comentar

questão de metodo


entregas rápida

tudo há seu tempo

14 Janeiro

Eu me lembro

Os tempos bicudos me fizeram recordar da Anacozeca, a Associação Nacional dos Credores Cobradores do Zé Carioca.
11:31:35 - Pinto - 9 comentários

Porque hoje é quarta-feira

Porque hoje é quarta-feira, e o dia está escandalosamente ensolarado, e me encontro provisoriamente de volta a SP e ao blog antes de mais um punhado de merecidas férias, deixo a vocês a descrição batuta do Joseph Conrad para um outro dia de janeiro, em latitude diferente:

"Saí para encontrá-lo num daqueles dias de janeiro, em Londres, um daqueles dias de inverno, compostos dos quatro elementos demoníacos: frio, umidade, lama, sujeira, combinados com uma particular viscosidade da atmosfera, que adere como uma peça de roupa suja em nossa própria alma."

(P.S. indignado: Do final de dezembro até ontem, o saldo de treze filmes vistos e cinco livros lidos deixa a inevitável pergunta: por que não inventam esse negócio de férias mais amiúde?)
11:24:46 - Zeno - 8 comentários

Jovem também tem saudade

A nano há de me perdoar, mas esse conversê de Vila Madalena despertou as lombrigas da minha memória. Exceto por um breve período envolvendo Aclimação, se me perguntarem what are you doing of the rest of your life eu respondo: ficar aqui pela vila mesmo, já me deu um puta trabalho vir do Ceará prá cá...

Antão, em 1980 aconteceu o Festival Feira da Vila. Só o pessoal de lá mesmo. Sobrou pouco: uma cacetada que há de durar muito tempo -- Itamar Assumpção (que o negão não abria mão do "p"), com "Nêgo Dito" (pegou um miserável terceiro lugar) --, Jorge Matheus, com "Tem Maria", que levou o primeiro prêmio, e uns tais de P. Miklos e A. Antunes Filho, que nem menção honrosa pegaram.

Ouçam aí e me digam.

12 Janeiro

Trabuco neles!

Ainda resta uma esperança: Luiz Carlos Trabuco Cappi, o novo presidente do Bradesco, segundo o comunicado do banco ao mercado, "é formado em filosofia, ciências e letras".

Nossas mães estão orgulhosas do futuro promissor que aguarda seus filhos que não estudaram para ser médicos, advogados e/ou engenheiros.
15:02:54 - Pinto - 3 comentários

A falta que um porão faz

Porão do bem, Smiley, foi tu catucar e eu começar a lembrar daqueles shows, alguns viraram discos, você sabe.

Ah, e eu também me lembro do meu amigo maranhense-cearense Riba agitando uma manifestação anarquista, com queima de certificados de reservista, na Praça dos Três Poderes: "Xerox num vale, seus féladaputa, tem que ser o original!".

Mas o conversê aqui é música: dois dos primeiros discos gravados ao vivo no Lira nasceram encangados. O Tico Terpins estava escrevendo o roteiro do show da Cida Moreira quando chegou o Zé Rodrix. Uma garrafa de Jack Daniels depois chegaram à conclusão que quem grava um, grava dois. Assim saiu aquele que seria o último da Aracy de Almeida ("Ao Vivo e à Vontade") -- explicando o que era esse negócio de lésbica, avisando que ia cantar músicas com mais de 500 anos de idade (tudo Noel) e que precisava fazer a fimose do microfone -- com o primeiro da Cida Moreira ("Summertime").

Dois anos depois, sairia o segundo da Cida ("Abolerado Blues"), pelo mesmo Lira, e que em uma das músicas trazia o grito de guerra das moças da época, que nos gelava o sangue: "TIRE ESSE CACHIMBO DA BOCA, SEU RATO!".

O lerê todo está na sequência. [Leia mais!]

11 Janeiro

classico paca no paca


chanca é isso aí
crdt milton neves, aquele
16:52:02 - George Smiley - Comentar

nota de falhecimento II

Acho que isto merece e deve ser postado:

hic
crdt. l. franz, o rambudsmann
nosso rambo literário

sem dúvida
gs

10 Janeiro

dondeviemos




imperdível, inda mais p/ quem não saía de lá & arredores e, por isso mesmo, lembra picas:
documentário sobre o porão mais intestino duma certa sampa.

Bollywood é aqui

Amitab is watching you

Antecipando-nos ao hype da novela e atendendo aos inúmeros pedidos de atualização deste espaço trazemos a ilustre presença de Amitab Bachchan a este blogue, para comprovar que cada país tem o Francisco Cuoco que merece.
11:08:34 - Pinto - 9 comentários

09 Janeiro

Enfim um site útil

O cidadão digita o número do celular e o GPS informa onde o referido está.

Perfeito para acompanhar as atividades curriculares dos cônjuges.

(crdt : karam de asa)
11:18:31 - Pinto - 3 comentários

08 Janeiro

Eu num tô tintindo nada

Tá bom, agora chega. A nano tá se rebelando, querendo receber pelo que paga. Ao trabalho, cambada.

A bolacha abaixo é uma homenagem ao trepidante final de ano da redação hipopotâmica. E, também, um apelo ao retorno à morigeração. Essa farra se foi e, afinal, o carnaval está logo aí. Menas, moçada.

Ganja, chá, mariajoana, pó, fumeta são os temas da coletânea "Viper Mad Blues - 25 songs of dope and depravity", cuidadosamente analisados por especialistas como Cab Calloway (Kickin' The Gong Around), Victoria Spivey (Dope Head Blues), The Memphis Jug Band (Cocaine Habit Blues), Fats Waller (The Reefer Song), Gene Krupa (I'm Feeling High And Happy), enfim, vocês entenderam.

Agora, todo mundo junto: "Ê, ê, ê, fumacê/Á, á, á, fumaçá". [Leia mais!]

principes e reis

não podemo nem pará p/ trabalhar um pouco e o pau come no buteko... a nano podia ir se divertindo c/ um tipo de 'the best of the posts', ou melhor, 'the bost of the pests' 2008.

mas desce aí 2 brahma geladinha, oferta do mestre belgípcio ms.lawrence:

- sobre um príncipe educando pericosíssimo animal.

- sobre um rei entediado, um bufão e seu bom e leal 'amigo avisa qdo é'.

que o sol aqui nas highlands tá de cachorro não sair na rua.

Xiíta bacana



Ladies and gentleman, abrindo os posts de 2009 um sujeito com a cara do ano: Mahmoud Ahmadinejad. É só a poeira baixar ali em Gaza que ele vai dar mais o que falar. Fora que é um fofo

(Pronto, não era atualização que vocês queriam? Agora chupem! Tô de férias, caceta!)
13:19:09 - Pinto - 6 comentários

01 Janeiro

Nota de falecimento

Foi pouco antes do Natal. Tinha quase 20 anos de idade e pouco mais de 1 mil unidades. O primeiro, salvo engano, foi o Diesel And Dust, do Midnight Oil, e o derradeiro um duplo do Yo Yo Ma tocando Bach —prova de que é possível evoluir com o passar do tempo. Mas acabou. A inteira coleção de CDs que tanto me ocupou e rendeu momentos de prazer abandonou as prateleiras, perdeu aquelas caixinhas de acrílico (uma das invenções mais infames da história da humanidade) e agora se resume a meros encartes e discos empilhados em ordem alfabética em algumas caixas de sapatos, para sempre lacradas no maleiro. Alguma exumação haverá caso iTunes insista em sumir com um ou outro título como vem fazendo, mas há sempre o SoulSeek e o LimeWire para poupar o estorvo.

Fica a esperança de no futuro podermos fazer isso não com uma cedeteca, ou mesmo biblioteca, mas com nossos cérebros, que por acaso também acaba de envelhecer. Quem sabe mais adiante possamos descarregá-los num servidor qualquer quando os hardwares começarem a ficar irremediavelmente obsoletos.

E assim segue a vida.

Feliz 2009.
14:47:56 - Pinto - 4 comentários

.:: mês anterior :: :: :: :: January 2009 :: :: :: :: próximo mês ::.