:: home :: posts passados :: etilíricas :: je me souviens :: microcontos ::


Todos

Todos os posts do mês. Para selecionar uma seção, clique no menu ao lado.


.:: mês anterior :: :: :: :: May 2008 :: :: :: :: próximo mês ::.

30 Maio

e o piauí, hein?

tem rendas e tem ventas.

f. seus apito

'Em vez de formar uma tribo 'perdida', esses índios devem ter mantido vários canais de comunicação com outros grupos ao longo dos últimos anos, afirmou Thomas Lovejoy, um especialista em questões amazônicas que preside o The Heinz Center, em Washington.' ...

... 'Enquanto eles estiverem nos apontando flechas, tudo estará bem', afirmou ao jornal O Globo. 'No dia em que se comportarem direitinho, estarão exterminados.' ... José Carlos Meirelles, funcionário da Funai... disse que essa tribo deveria ser deixada isolada o máximo possível.

casório é a fim

alguéns aí me contradigam:
tem coisa que diverte mais mulher que escolher presente de casório?
dond'tô olhando daqui, inda piora c/o tempo.
exprico: mais véio o casar, miór o presente.
mâs (lembra dos locutor da bolzano?), 'nem sempre' em preço, compreende?
18:15:08 - George Smiley - Comentar

29 Maio

Guiness informa

Alterações no ranking

Sai: Parada Gay de SP, que vem reunindo menos gente a cada ano.

Entra: Paulo Coelho, pelas três tentativas e uma desistência.
17:48:13 - Pinto - 2 comentários

28 Maio

XKCD

No meu HD externo ou no seu?

É bem legal, principalmente o passeio pelo arquivo de tirinhas. Piadas nerd com matematiquês, informatiquês e tecnologiquês. Nosso japonês do Suporte vai adorar.
08:59:18 - Zeno - 8 comentários

26 Maio

Pau dentro!

Johan é nosso amigo, Johan é nosso colega

Johan Eliasch, o tal sueco que propôs uma ação entre amigos para arrematar a Amazônia inteira por 60 bilhões de dólares, pretende simplesmente fazer com o Brasil o que já faz com sua (dele) senhora, a socialite Ana Paula Junqueira.

Isto é, nos tornar a todos mais felizes, bonitos, cultos e bem-tratados. E verdes, que nem o belo olhar da conterrânea.

Tem nosso apoio.
22:18:02 - Pinto - 8 comentários

Vitupério, a arte do elogio em boca alheia

O indefectível, inabarcável e inexcedível Ao Mirante, Nelson nos presta uma justa homenagem e nós registramos. Com o saldo negativo, mas registramos.
17:26:52 - Pinto - 2 comentários

Circuito Cultural Hipopótamo Zeno

Hipopótamo Zeno lê livros!

[Rabiscos para um texto futuro] Gaston Leroux, O Mistério do Quarto Amarelo. O primeiro dos grandes herdeiros do Locked Room Mystery, depois do Poe. Deleite absoluto, dezenas de passagens que saltam da página, prontas pra grifo ou citação, e eu não anotei nenhuma. A primazia da razão a priori contra os farejadores e fuçadores de pistas da escola inglesa de investigação. Um anti-CSI (e anti-Conan Doyle), se quiserem. Rouletabille, o jornalista dublê de detetive, não faz feio a um Dupin ou a um Monsieur Lecoq. E, suprema qualidade, o livro não tem psicologia, não tem "espessura dramática", a motivação do crime (a chatice daquelas explicações emotivo-causais) é resolvida em meio parágrafo. O restante é pura diversão intelectual, sem que Leroux se abstenha de encenar alguns momentos hilários de clichê operístico.
17:08:20 - Zeno - 2 comentários

Circuito Cultural Hipopótamo Zeno

Hipopótamo Zeno vai a concerto!

[Rabiscos para um texto futuro] Daniel Barenboim e a Orquestra da Staatsoper de Berlim. Conversa com o taxista, no caminho: "O senhor teve problemas com o trânsito hoje, por conta da Parada Gay?", "Não, tranqüilo, quase tanto quanto o Morumbi, hoje à tarde", "Morumbi?", "É, só cinco mil sãopaulinos foram ver São Paulo e Coritiba. Os outros 55 mil estiveram aqui, na Parada". Caray, como essa Sala São Paulo é bonita. Na platéia, muito dinheiro pesado, juntamente com os "formadores de opinião". Primeira parte do programa, Wagner, todos de prontidão para invadir a Polônia. Abertura dos Mestres Cantores, e eu penso que essas orquestras alemãs de primeiríssimo time têm sempre cordas de arrepiar. Metais e madeiras, aqui, menos impressionantes. Segunda parte, Tristão, Prelúdio e Morte do Amor, e aí o céu é o limite, tudo perfeito, o primeiro tema começa a ser enunciado e a sensação é física, sempre a mesma, será que já se escreveu música mais divina do que esta? Não sei quantas versões com orquestras e regentes diferentes já ouvi, mas sempre me lembro mais (e uso meio como metro) de uma do Solti com a Filarmônica de Viena. O Barenboim saiu-se muitíssimo bem na comparação. Intervalo, depois Bruckner e a Sétima. Aí a orquestra faz o que pode, perfeitinha, mas o material é irremediavelmente de segunda. Não dá nem para se preparar pruma invasão do exército austro-húngaro de alguma coisa que eles já não tivessem invadido à época. Primeiro movimento lambão e grandiloqüente, adágio que não parece adágio (tem até pratos e percussão da pesada), valsinha animada no Scherzo e um final em que se testemunha a agonia do elefantão bruckneriano, com aquela vontade-de-ser-Mahler. Nunca tinha visto (nem ouvido) o Barenboim como regente, só como pianista, e o mínimo que se pode dizer é que a partir de um certo patamar de qualidade internacional (e o Barenboim está acima dele), não tem como errar. Bom, tem o Riccardo Muti, mas aí é a exceção que confirma. E o Wagner dignifica qualquer coisa.
13:26:10 - Zeno - 1 comentário

25 Maio

De olho na notícia

Celebridades do jornalismo

De que jeito você se informa: ouvindo a melodia de Cristiana Lobo ou assistindo aos dramas encenados por Miriam Leitão?
22:27:45 - Pinto - 1 comentário

valeu

Kuerten a fait vibrer le central de Roland-Garros

meu
20:16:34 - George Smiley - Comentar

o desenho do desejo

repara só o pé

(crdt ap>ig)

diz que o beckham fez um gol de antes do meio de campo hoje, jogando lá nos esteites.
futebol é um tezão por isso.
entrementes o resto.

24 Maio

"Sem Tesão, Não Há Solução"

pena.
preferia o tempo em que o francis c. prás conversa dele.
pelo menos saia alguma coisa no papo.
agora, só no carvãozinho.
21:50:09 - George Smiley - Comentar

20 Maio

será o sr. checov?

e o sr. sulo, hein?

Quer perder peso? Faça o teste aqui!

Primeiro, a confissão: ao contrário de boa parte da humanidade razoável, sempre achei um porre essa epidemia de testes interneteiros, destinados a descobrir se você tem TOC, se é mais Tolstói ou mais Dostoiésvki ou se está na hora de trocar de parceiro que privilegie o golden shower. O apelo de tais testes é conhecido e remete à mesma fonte dos horóscopos: ao final das perguntas, nós ganhamos um texto que é sobre nós, só sobre nós, e a leitura dele dá um prazer que é semelhante a ver estampadas diariamente aquelas quatro ou cinco linhas que o Quiroga da vez nos dedicou naquela manhã - nós, que desconfiávamos ter vida interior e agora a vemos confirmada a cada mudança de quincúncio. A única exceção apetecível da alergia a testes se encontra, me parece, nos consultórios médicos e odontológicos, quando não se tem nada pra fazer, mesmo, e aquele exemplar do ano passado da revista Nova pode proporcionar algumas boas risadas por conta da troca de gêneros, "Você realmente está satisfeita com seu namorado?", "Sexo anal pode ser divertido para ambas as partes?", etc. Pois bem, tempos atrás desisti de fazer um teste desses, que media sua posição política, porque trazia mais uma vez um número absurdo de perguntas espalhadas em seis, meu deus, seis páginas infindáveis. Recentemente a Veja, quem mais? adaptou o teste e botou em sua página, mas com a suprema vantagem de encurtá-lo. Topei desta vez, e o resultado horoscópico segue abaixo. Pensei que seria divertido promovê-lo junto aos outros redatores do blog, pelo menos os, rã, ativos, pra mó de saber a quantas anda o termômetro aqui do botequim. Os bravos que me sigam.

Na próxima esquina dobra à direita ou à esquerda?
11:48:26 - Zeno - 16 comentários

19 Maio

Vá ao teatro, e me convide

O diretor é uma merda, mas a peça é ótima
10:56:15 - Zeno - 4 comentários

17 Maio

Este é um país que vai pra frente, uô, uô, uô, uô, uô...!

Quem já recorreu aos bons préstimos da Anatel (eu já, inúmeras vezes, e nada) clica aqui e regozija-se ao descobrir que a agência —mais um dos ótimos legados do tucanato— agora caça iPhones vendidos com nota fiscal na Santa Ifigênia.

Enquanto isso, minha NET Vírtua continua um vagalume e meu Deus Me Livre, o telefone fixo da Embratel, continua a fazer jus ao nome.

Acho que estão perseguindo o iPhone porque funciona. Não querem abrir precedente.
21:04:21 - Pinto - 2 comentários

O estranho mundo de Lilian

null

Não sei se é a postura filistina, a expressão entre o famélico e o deslumbrado, o inglês macarrônico, le français macarronique, os valores sibaritas, o nariz retesado como se perpetuamente farejasse os eflúvios do rio Pinheiros, aquele aspecto de sinhá, o jeito um quê gringo de esboçar alegria, a conceituação sobre o vácuo, a elaboração sobre o nada, mas acho muito estranho a autoridade faxón do País, Lilian Pacce, cada vez que esbarro com ela nas telas do GNT.

Sei lá, tem muita gente que acha o máximo, deve ser coisa minha. E, talvez, do Tim Burton.
20:05:06 - Pinto - 5 comentários

15 Maio

Pecado Sem Mácula (Side Street, 1950)

A foto não faz jus ao filme, mas foi a única que a gente encontrou

Film noir de primeiríssima, o último dirigido pelo especialista Anthony Mann antes de ele virar especialista em faroestes estupendos, ou seja, o cara era o cara. A trama é daquelas típicas: bananão tenta se dar bem num golpe e passa a ser perseguido ao mesmo tempo pela polícia e pelos verdadeiros bandidões. Vale pela encenação do Mann, abusando dos contre-plongées, pela luz arbitrária e "significativa" (perdão) e pelas tomadas de Nova York à época (o filme é normalmente classificado naquele escaninho "muita locação autêntica, pouco estúdio", inaugurado pelo Dassin em Cidade Nua/Naked City, de 1948), culminando com uma perseguição de carros nos minutos finais que é uma obra-prima de invenção. Leva também o prêmio Femme Fatale Mais Breve do gênero, por conta de uma loira golpista que não dura nem cinco minutos na tela antes de ser jogada no East River. Bertrand Tavernier, em seu dicionário de cinema americano, desqualifica o filme dizendo que a produção da MGM, isto é, grana envolvida, aguou o resultado final, mas isso é bobagem. Pode confiar no Hipopótamo. O filme está disponível aqui, num esquema que deve ser a barganha das barganhas: 10 filmes noir por 80 reais, 8 por cada, negocião.
08:28:36 - Zeno - 5 comentários

14 Maio

As jóias da coroa

Emprestamos todo o penhor da nossa solidariedade (e também da Caixa Econômica) à patronesse da TV brasileira, Zeca Hebe Camargo, que teve subtraídas latas e latas de laquê estocadas em seu cofre.
21:55:12 - Pinto - 1 comentário

E o que era bom se acabou

Deu no Tutty, que "repercutiu" a Mônica Bergamo:

"O FIM DA MELANCIA
Andressa Soares, a Mulher Melancia, vai fazer uma lipoaspiração no bumbum até o final do mês. Enquanto não marca a cirurgia, faz tratamentos estéticos na clínica Santé: drenagem linfática e aplicações de raios infravermelhos num aparelho chamado Ultra Counter, que promete reduzir as medidas em 3 cm por sessão."

Três centímetros por sessão? E cadê aquela cambada de vagabundos do Ministério Público para coibir esse abuso?
14:34:54 - Zeno - 6 comentários

Se ela dança, eu danço

Tá lá na página 31 do recém-lançado "Uma história da música popular brasileira":
"Por fim, em fevereiro de 1880, um puff [flyer, em português moderno] do Clube dos Democráticos convidava os associados para 'as quatro noites carnavalescas', mas advertindo: 'ai daquele que não se colocar na altura de um verdadeiro democrático, não dançando uns rasgadinhos cancãs, umas lânguidas e requebradas habaneras, umas dengosas e melífluas polcas'".

A pergunta é, Pinto: tu acha que o Agripanta se daria bem no baile?

13 Maio

Caixinha de surpresas

Deu onde pode: "Queria uma menina", diz Ronaldo.

Às vezes não tem jeito e elas vêm do sexo masculino.
22:07:00 - Pinto - 2 comentários

Ninguém é de ninguém

Deu na Fôia:

Biólogos fotografam foca tentando copular com um pingüim na Antártida

Agressivos e com a testosterona em alta, machos jovens de focas antártidas costumam assediar sexualmente fêmeas de outras espécies. Mas cientistas sul-africanos flagraram um animal desses rompendo a barreira de classe dos vertebrados - ao tentarem copular com um pingüim." (...)
=======================
Graças a deus não foi registrada a presença de nenhum hipopótamo na emboança...

12 Maio

Estaiou, tem que limpar

Estaiou? Dê descarga em seguida

E já que o tema é este não poderíamos nos furtar (NdaR: cuidado com este verbo) de registrar a inauguração do novo cartão-bostal da cidade de São Paulo, a ponte estaiada de sobrenome Frias, cujo maior mérito foi ligar Roberto Marinho a uma marginal, e para que não haja ilações de merda deixo claro que me refiro à ponte e às avenidas.

Custou excremênticos 230 milhões e foi inaugurada no dia do maior engarrafamento já registrado, que a história sabe ser cruel e irônica a um só tempo: 266 quilômetros, malandro.

Aos detratores que afirmam que a verba poderia ser melhor empregada em metrô, obtemperamos: bom, pelo menos a obra não desabou em cima de ninguém. Ainda. Que ponte estaiada curva é igual a jaboticaba: só tem aqui. Aliás, tá chegando a época.

Mas é linda, né? Pena que foto não tem cheiro. Aquela mancha negra que corre ali embaixo é perfume para as narinas do João Emanuel.
11:25:02 - Pinto - 37 comentários

Lei Privada Suja

Solte-se, liberte-se!

Pegamos aqui e damos o maiorrrrapoio.

Ajude a tirar de São Paulo, que já é a maior cidade pequena do País, o título de capital mundial do intestino engarrafado.

(E agora compreendemos melhor o que deixa João Emanuel Carneiro cheio de idéias.)
10:31:02 - Pinto - 3 comentários

piauianas 01

placas de advertência locais, de parnaíba a teresina, pres'tenção:

- seu carro pode virar sucata, você não.
um uppercut sígnico.

- sinalizar suas intenções pode evitar acidentes.
levas de pelica semântica.

- paciência nas ultrapassagens.
de puck's phd's eça.

- descanse em vida, com sono não dirija.
pré-metafísica pura.

e a melhor de todas:

- não danifique os sinais.
esta, prá meu pargo entendimento, um píncaro do velho e bom senso tentando, correndo atrás, lutando por, colibrir a estupidez humana.

sabença assim, só vi lá.

e tamen porque 'o' causa do blogue anterior é um perfeito lorpa terminal.
01:35:13 - George Smiley - Comentar

11 Maio

Da Série Desavisados Futebol Clube

De uma entrevista com o autor de novelas João Emanuel Carneiro, no Estadão de hoje:

"– Por que você escolheu São Paulo como cenário?

– Minha idéia é mostrar um Brasil que não é miserável, favelado ou nordestino."

* * *

Pra retomar um antigo bordão aqui da casa: E aí, falo eu ou fala você?
21:28:19 - Zeno - 11 comentários

Novas diretrizes para tempos de oposição

A farsa das novas idéias
18:14:21 - Pinto - 2 comentários

O avental todo sujo de ovo

Nesta data, a direção do botequim ergue um preito de homenagem a todas as mães nas pessoas das genitoras dos lídimos Artur Vigia, o Bedel da Democracia, José Agripata (dito "O Democrino") e Perucálvaro Dias, para quem me falta um aposto, na certeza confiante de que elas fizeram o melhor de si, como exemplos a serem perseguidos.

É que às vezes as coisas simplesmente não saem do jeito que a gente quer e pronto.
12:31:42 - Pinto - Comentar

10 Maio

Cosas mucho extrañas

É comum alguém alimentar seu filho com uma bebida "de fruta" fabricada pela Coca-Cola (aliás, Coca), embora eu ache estranho. (Como acho impróprio a comunicação maciça dessa tal bebida no Discovery Channel, na manhã de sábado, mas vai ver que estranho é achar essas coisas...)

É mais estranho que essa bebida se chame Kapo.

Mas mais estranho ainda é que a mascote dessa bebida sabor laranja tem por nome justamente "Kike".

E o mais estranho de tudo é a matriz da Coca (!) lá nos EUA, tão politicamente corretos, não ter enquadrado bonitinho o pessoal do manajument aqui da filial.
17:13:59 - Pinto - 2 comentários

09 Maio

Grandes frases da política brasileira (iii)

"Foi-se o Artur errado."

Entreouvido no Amazonas.

(mais, aqui e aqui)
16:12:44 - Pinto - 1 comentário

Grandes frases da política brasileira (ii)

"Aparecido não sou eu. Aparecido é o Zé Dirceu!"

Entreouvido na Casa Civil.

(outra, aqui)
16:09:50 - Pinto - 1 comentário

08 Maio

Cada um dá o que tem

Deu duro? Tome um Dreher

Deu na revista "Ver Vídeo Erótico" e nós damos o registro:

"Agora estou separada e pintou uma proposta diferente. É claro que o dinheiro também é bom, mas pude dar a minha cara no filme", disse Leila Lopes.

Lôco, não?
18:38:40 - Pinto - 7 comentários

Grandes frases da política brasileira (i)

"Esse Agripata é um democrino!"

Entreouvido no Senado, ontem.
14:29:55 - Pinto - 1 comentário

07 Maio

Ah, Amy....

19:17:54 - Sorel - 7 comentários

Mais uma iniciativa Zeno GmbH

Te cuida, Johnson e Johnson
17:40:27 - Zeno - 6 comentários

Democracia, ainda que à tardinha

Democrata, eu?
Agripino não mente sob tortura, mas tortura sobre mentira.

(O senador Agripino): Tudo o que aqui ouvimos pode ser mentira, porque a senhora mentiu ao ser interrogada quando foi presa.

(A ministra Dilma): Não há verdade na ditadura. Não há diálogo no pau-de-arara. Não há democracia na tortura. E naquela época nós estávamos em campos opostos
.

Quanto mais as vestais da oposição aparecem, mas a gente torce contra.
14:48:35 - Pinto - 2 comentários

06 Maio

A tua presença

A idéia básica aqui é dar conforto músico-espiritual pro povo da Marcha Proibida.
Enquanto corria a barca, vamos ouvir Peyote Spiritual Song e Our Father's Thoughts Are Shinig Down, cantadas nos rituais da Native American Church, fundada em meados do século XIX e ativa até hoje. Os artistas são: David Apekaun, Morris Medicine com Betty Jo Pimpey e Pamela Medicine, Chief White Eagle, Chief Spotted Back Hamilton, Johnny Buffalo, Wilbur Jack, e Ralph Turtle com Alfred Armstrong.
13:08:35 - DJ Mandacaru - Comentar

05 Maio

Muita força pro Paulinho

"Meu nome é Enéas!"

A gente aqui na redação sabe como é desconfortável ser apenas mais um nesse mar de gente (Qual Fábio Assunção, aspiramos ao estrelato, mas isso é outra história...). Pois bem, destino mais cruel que o anonimato são a recorrência, a ubiqüidade, a superexposição, essas mazelas hodiernas que acometem a todos os notáveis. Taí o Paulinho da Força que não nos deixa mentir. Só porque foi batizado com um nome ordinário fica neguinho achando que ordinário também ele é.

Esse outro Paulo aí da foto já passou maus bocados por conta do mesmo problema.
22:14:46 - Pinto - 5 comentários

Fala, que eu te escuto!

Ei, ei, ei, Daniel é nosso rei

Quem insiste em acompanhar o bloguezinho sabe que somos um fiasco para criar ou divulgar bordões, com a digna exceção de nosso imorredouro slogan. Quem deixaria de esquecer tentativas como a Doação Temporária de Orgãos, as Frases Chistosas a R$1,99, o Incentivo à Psiquiatria e o mais recente Por Falar Em/Significa, entre tantas? Mas não custa arriscar outra vez, cortesia do várias vezes citado aqui Daniel Paz: Tenemos que hablar.

(crdt la nina en serio)
09:23:53 - Zeno - 8 comentários

Escócia e Japão se encontram em sua garganta

Eis o Michelin dos Duty Frees, o Baedeker dos cachaceiros, o verdadeiro caminho das pedras. Ou melhor, sem pedras, que ninguém é louco de botar gelo nestas preciosidades.

(crdt pelo tôque: nosso ombudsman luiz franz)

(crdt pela procura: nosso omnibebedor george smiley)
07:49:32 - Zeno - Comentar

Credicard alviverde

O Luxa pode ser um cretino, o time pode ser de aluguel, a diretoria pode ser cromagnonesca e o título pode não valer absolutamente nada. Mas ver seu filho de cinco anos acompanhar pela primeira vez uma partida de futebol por 90 minutos seguidos, sendo os últimos 45 com o olho grudado na TV, e ouvi-lo ao final comentar, entusiasmado: "É bom ser campeão, né papai?", ah, não só não tem preço como pode redimir meia humanidade numa tacada, melhor, jogada só, como a do hermano Valdivia e seu gol no segundo tempo. Abraços a todos, ass. Periquito Zeno.
07:08:56 - Zeno - 1 comentário

01 Maio

ahead and beyond


crede incréu

isso é que é luta pela vida

e antes que aspiremos a esse dia passado em branco

moçada,
mete os peito que o mundo é um sutiã

e não fiquem enchendo a cara emvezde or inmemorian.

medite: só humano ummmm

Passou, tá passando, vai passar

Foi para não sermos imputados por danos correlatos que evitamos postar: na última terça-feira, noite gélida de toró bíblico em São Paulo, um evento temático de blues de uma marca de artigos esportivos reuniu num só palco, num lugarzinho da moda na Barra Funda, os venerandos Max de Castro e Ed Motta.

Quer dizer, era o tipo da coisa que, mesmo debaixo da maior chuva, cidadão algum poderia deixar de perder.

Para compensar a omissão, não nos furtaremos de anunciar que, por 32 reais, o mesmo cidadão pode levar pra casa, asumindo toda a responsabilidade por isso, o novo CD de Zélia Dunca e Simone, que já está em pré-venda.

E não deixaremos de noticiar aqui os próximos passos de Ana Carolina e do Nosso, Meu, Seu Jorge. Com disclaimer, claro.
11:49:27 - Pinto - 3 comentários

.:: mês anterior :: :: :: :: May 2008 :: :: :: :: próximo mês ::.