:: home :: posts passados :: etilíricas :: je me souviens :: microcontos ::


Todos

Todos os posts do mês. Para selecionar uma seção, clique no menu ao lado.


.:: mês anterior :: :: :: :: June 2007 :: :: :: :: próximo mês ::.

30 Junho

Usos e costumes

Eu me lembro de antigamente achar estranho filhos tratarem pais por "senhor".

Hoje não levantaria uma sobrancelha sequer se ouvisse alguém chamar a mãe de "senhor" ou o pai de "senhora".
20:45:41 - Pinto - 6 comentários

Complexo do Alemão

Têm alguma relação os tiroteios na favela e os milhões de imbecis dedicados há meses a debater (?) a vida (??) de outro imbecil? Eu acho que tem.

Enquanto isso, na Alemanha...
15:42:31 - Pinto - 4 comentários

29 Junho

"Me and my teddy bear"

Deu na chamada do Correio Braziliense: "Urso solto assusta pessoas em Washington".

Da linha: sei.
18:41:19 - Zeno - 5 comentários

Neste dia

RIP NoMínimo.
09:48:45 - Pinto - 7 comentários

28 Junho

festas zeninas

grande quadrilha neste sábado.
do bem essa.
acendam suas fogueiras, velas e parceiras e saiam por aí.

27 Junho

Ceará Metafísico

(com dois terços da atual Redação vindos de lá, republicamos o texto abaixo como forma de obter patrocínio de algum benfeitor distraído que não tenha sido cooptado pelo Nomínimo)

Estamos partindo, estão chegando

Ronaldo Correia de Brito*

O garçom que me serviu num restaurante chinês, em São Paulo, era cearense de Sobral. Quando falei de minha origem, ele trouxe um colega de Saboeiro para me apresentar. À noite, numa cantina italiana, fui atendido por dois cearenses de Jericoacoara. No almoço do dia anterior, num self service da Paulista, os garçons também cearenses haviam nascido em Tauá e Mombaça.

Não posso concluir que todos os garçons de São Paulo são cearenses, nem que todos os cearenses que moram em São Paulo são garçons. No máximo, suponho que existem muitos cearenses em São Paulo e vários deles são garçons. Eles falam com nostalgia da terra onde nasceram, pensam em retornar de férias, mas param a conversa por aí. Recordam a paçoca e a rapadura, mas já se acostumaram ao ravióli, ao sushi e ao yakisoba. [Leia mais!]
17:24:13 - Zeno - 7 comentários

O Crocodilo (2006)

Já resenhamos vapt-vupt o filme do Moretti aqui, mas o lançamento em DVD permitiu anotar alguns títulos da vasta filmografia do produtor Bruno Bonomo, interpretado pelo mesmo Silvio Orlando que fazia o papel de confeiteiro trotskista em Caro Diário e Aprile. Ei-los:

Mocassins Assassinos

Cataratas

Coturnos Sangrentos

e o predileto Maciste versus Freud
10:22:59 - Zeno - Comentar

26 Junho

Etíliricas

bar junino

eu quentão

ela paçoquinha?
15:49:13 - Zeno - 3 comentários

Tudo é relativo, exceto o mal absoluto

Nossa pequena contribuição para uma possível reforma do Código Penal e das consciências paternas: há crimes piores, mas há de haver filhos melhores.
14:00:03 - Pinto - 2 comentários

Slogans que não voltam mais

Eu me lembro que durante um certo período a Folha teve o rabo preso com o leitor. Mas a redação não resistiu e resolveu soltar o tal do rabo desabridamente.
10:22:12 - Pinto - 1 comentário

25 Junho

Mulher dormindo, nitrato sobre película, 1962

eu sonho você ou você me sonha?

Hélène Chatelain, numa das declarações de amor mais bonitas do cinema (e que dura 50 segundos), em La Jetée, de Chris Marker, lançado há pouco em DVD nacional.
19:13:09 - Zeno - 1 comentário

Caos aéreo é...

18:09:13 - Pinto - 1 comentário

Na selva das marcas

Quando julgávamos que Vagisil era o máximo de criatividade a que chegaria a indústria de "produtos íntimos", eis que somos apresentados a Lucretin.

Cretinos como somos, providenciaremos no INPI o registro de "Bucetol", um produto aprovado pelo público mais exigente.
18:08:09 - Pinto - 2 comentários

24 Junho

A César o que é de Liza

Ninguém viu porque, apesar de bom, a audiência é traço, mas nosso ídolo César "Blow" Giobbi entrevistou Fernando Faro no Planeta Cidade, programa que pilota (com um fraco pelos temas aeronáuticos) a cada domingo, e deu a deixa, saudoso:

— Fernando, hoje em dia não tem mais estrela como antigamente.

Nós na redação fomos unânimes:

— Fora você, querido, nenhuma.

Em tempo: à sugestão de que a última "estrela" segundo esse critério teria sido Cazuza, Fernando Faro saiu-se com um "Elis" tão, mas tão desconcertante, que quem fez a tradicional boca da biu véia® foi o telespectador aqui.
20:07:49 - Pinto - Comentar

22 Junho

Compensa?

Vênus platinada perde liderança para Narciso platinado.
20:19:58 - Pinto - Comentar

Boletim médico

Notícias emanadas do InCor dão conta de que os rins do senador Associação Cristã de Moços estão parando de bater. Seu coração, entretanto, continua bem quietinho, filtrando tudo, parece que nem existe.
11:10:06 - hubbell - 1 comentário

21 Junho

Las Malvinas son nuestras

É guerra, é? Então, lá vai.
Andrea Tenute é atriz (porteña, por supuesto). Alberto Favero é um dos grandes pianistas de jazz, conterrâneo da moça e, se ajudar, ex-marido da Nacha Guevara. O que vocês vão ouvir foi gravado num botequim de BAires em 2000.
O pacotinho tem Construcción, Yo Te Amo (ambas do Raymond Buarque de Hollanda) e, eu num güento, Nostalgias.

Buenas noches.
00:38:04 - DJ Mandacaru - Comentar

20 Junho

Giecologia

Celebrando a expressiva vitória do "mais argentino dos times argentinos" sobre o "mais argentino dos times brasileiros", nesta linda noite de quarta-feira, temos a satisfação de oferecer à nanoaudiência um tema (do final dos 1990) do portenho León Gieco, "Ojo con los Orozco".

A letra esta aqui. Um divertido exercício de estilo à Raymond Queneau, redondo como a letra o. Onde mais "Proctólogo morboso" e "Gordo fofo con olor" caberiam numa rima? Ni solo de tango viven los hombres.
23:49:21 - Pinto - 1 comentário

No país da jaboticaba

Ainda que à tardinha, gostaríamos de render nosso reconhecimento àqueles pacatos militares que idealizaram o Proalcool lá nos idos da Redentora: afinal de contas eles não estavam tão errados assim.

O efeito colateral é o seguinte: o excesso de ufanismo periga reabilitar a reserva de mercado de informática e botar pra funcionar de novo imóveis como os da rua Tutóia, entre tantos.
14:03:45 - Pinto - 1 comentário

17 Junho

O orgulho é o pior dos vícios

Parada Hétero pede "liberdade" e critica dinheiro público na Parada Gay, diz a Folha de S. Paulo.

(NdaR: mandado publicar aqui por um são-bernadense que não ousa diZEr o NOme, mas dá o maiorrrapoio a essas causas)
23:28:16 - Pinto - 7 comentários

15 Junho

Anauê!

Uma semana de São Paulo Fascio Week e nenhum registro aqui. Já fomos mais rápidos no gatilho.
13:56:54 - Pinto - 4 comentários

Um adjutório para o sr. Calheiros

Profundamente solidários com o senador, obrigado que foi a se desfazer de algumas reses para custear "a educação e cultura da criança" que teve com a jornalista Monica "Uma notícia, um sorriso" Velloso, nós aqui da redação propomos fazer uma vaquinha em seu auxílio. Eu entro com os chifres.
13:55:57 - Pinto - 2 comentários

"Aquariana. Acertei?"

— Você, bonita assim, é caso de cadeia.

— Tenho 36 anos. Cadeia, no meu caso, só se for de pensão alimentícia.

(crdt colírio domus)
10:34:40 - Zeno - Comentar

14 Junho

Luana Piovani - Segunda Opinião

Primeiro aparece o bambu. Depois vem mais mato, água, cachoeira, pedra, folhagem, rio, o escambau, tudo entremeado por anúncios publicitários disso e daquilo. Você termina de ver as fotos e pergunta: "Mas cadê a Luana?". Você volta ao início, olha de novo e sentencia: "Porra, parece o encontro da National Geographic com a Negócios & Oportunidades!". Em resumo: é uma merda, um desperdício de Luana, pudicícia rimando com clorofila. Caro irmão leitor, faça como nós, que tanto elogiamos a moça aqui no blog: busque na sua estante os exemplares da Trip com os dois ensaios anteriores e delicie-se com a generosidade divina mostrada como se deve.

(no Leia Mais, e na mesma seara, nossa concordância absoluta com um post lá do Quinteto Irreverente sobre comentários desairosos a mulheres bonitas) [Leia mais!]
11:07:25 - Zeno - 4 comentários

tem diaz q'só cuma bluesgada

c'um paiz que se regurgita a si mesmo diariam/e,
quem mantem a espinha erecta poor si próprio é quasi um heróe. [Leia mais!]

13 Junho

Luana calada é uma poeta

Com a insuperável vantagem comparativa de que revistas são (até agora) mudas, recomendamos vivamente a aquisição da edição do mês corrente de Trip, um dos poucos títulos brasileiros com lombada quadrada, na qual se lêem matérias diversas e interessantíssimas sobre o tema "sono", dentre outros temas palpitantes. Textinho eficaz.

Em tempo: Caetano capitulou.
12:26:21 - Pinto - 2 comentários

Junte-se a nós!

faro, paladar e demais sentidos

(crdt: pujante pinda)
11:58:47 - Zeno - 4 comentários

12 Junho

Todo nosso apoio à Nicarágua

E eu não sei por que se ouve tanta reclamação do bolivariano presidente da Venezuela. Tremenda fonte de diversão não pode ser dispensada assim, num piscar de olhos direitistas — basta dizer que ninguém lembra quem era o presidente anterior da Venezuela. Desde a semana passada recebo em minha caixa postal um abaixo-assinado divertidíssimo de adesão a uma "Carta Aberta" que pede desculpas ao Chávez, "em nome do povo brasileiro", pelas grosserias contidas na nota de resposta do Senado brasileiro aos comentários do presidente venezuelano. Meu coração, maior que microfone de apresentador de concurso de miss, se encheu de ternura ao voltar ao início da década de oitenta, quando o movimento estudantil, ainda flanando na fumaça da Libelu, convocava reuniões e moções de apoio à Nicarágua e ao povo nicaragüense. Fui a várias, sempre encasquetado com a dúvida pequeno-burguesa sobre o "como diabos esta reunião vai ajudar a Nicarágua?". De lá pra cá só piorei — junto com o mundo, claro.
06:07:00 - Zeno - 7 comentários

11 Junho

Dica de economia

Amiga-irmã dona de casa!

Dê vazão ao Sebastião Salgado que habita sua alma e aproveite o dólar baixo para fotografar, por exemplo, o desemprego de milhares de operários da indústria.

Em seguida, amplie suas fotos aqui.

Cada ampliação 10 X 15 cm sai 15 centavos de dólar. Ou 30 de real, se preferir.

No solo pátrio, ninguém faz o mesmo por menos que 60 centavos —e ainda assim só em quantidades industriais.

Fora as ofertas de boas-vindas (20 ampliações grátis), promoções, impressões especiais etc.

O frete é ridículo. Morri com 5 dólares para 100 fotos.

Em vez de calçados e Salgados, o Brasil devia produzir porta-retratos.

(crdt pela dica : mimi ching ling)
11:22:41 - Pinto - 1 comentário

A falta que faz a instrução

Deu na mídia:

"Em entrevista coletiva neste domingo (10), o advogado Nelson Passos Alfonso, que defende Genivaldo Inácio da Silva, o Vavá, disse que seu cliente não tem preparo nem nível de instrução suficiente para fazer lobby. 'Ele (Vavá) me disse que nunca esteve em um ministério. Não tem condições de se portar em frente a um ministro, não tem preparo para isso. Lobby, apresentações, credenciais, ele não fez', disse o advogado, destacando que Vavá fez apenas o Mobral (Movimento Brasileiro de Alfabetização), projeto mantido governo federal durante a ditadura militar para ensinar jovens e adultos a ler e escrever. Questionado se essa seria uma estratégia para desqualificar intelectualmente Vavá, Passos mostrou irritação. 'De forma alguma. Ele é um homem simples. Não o estou desrespeitando', respondeu."

Lôco, né? A Redação recomenda o encaminhamento rápido de Vavá a alguma instituição de nível superior em que possa realizar seus estudos na área mencionada. PUC-RJ, FACAMP e FEA-USP são algumas de nossas sugestões. Caso os vestibulares estejam encerrados, um estágio intensivão no escritório do Daniel Dantas também pode ajudar.
10:34:57 - Zeno - 5 comentários

Acerca da intersecção dos universos

Dizem que este monstrengo que chamamos de cidade tem, na baixa, 16 milhões de pessoas.

Dizem que 3 milhões e tantas delas foram louvar Jesus na Marcha. E que outras 3 milhões e cacetada foram dar pinta na Parada Gay.

Isso perfaz mais de 6 milhões de indivíduos, ou 37,5% da população paulistana, com os possíveis descontos e margens de erro.

"Não pode. Deve ter muito viado orando e evangélico dando por aí", sintetizou um estatístico cético aqui da redação.
10:19:21 - Pinto - 4 comentários

Kassab, um comunista

E faz tanto tempo que temos um post com o título acima, cozinhando em arquivo morno, que o assunto já desandou. Não importa. Só o fato de voltar para São Paulo num domingo à noite, por exemplo, e se sentir em plena Alemanha Oriental com a ausência dos outdoors e placas dá um bem-estar danado. Gilberto Kassab é nosso candidato a Homem de Ano 1961.
06:20:00 - Zeno - Comentar

O mundo é plano

Cês viram isso aqui? O Pinto vai dizer que é manjadérrimo, mas eu digo que é sensacional. Trinta polegadas nunca foram tão bem usadas para o prazer.

(crdt sorel ex-software livre)
06:14:00 - Zeno - 1 comentário

10 Junho

Crítica & Autocrítica

De Daniel Piza, ser com redação e idéias próprias, na sua "Sinopse" (aliás "Gosto/Não Gosto") de hoje no Estadão, lapidamos:

Achei divertida a matéria da revista piauí, escrita por Daniela Pinheiro, sobre os plágios freqüentes da moda brasileira. Jum Nakao, um dos entrevistados, critica com acerto a imprensa especializada que ou não vê ou finge que não vê os abusos. Influência ou citação, mesmo sem crédito, não são a mesma coisa que copiar disfarçadamente. E isto é o que se vê demais no Brasil — nesta Terra dos Papagaios, como já me queixei há tempos (N.daR.: É mesmo?!) — e não só na moda, mas em todas as áreas criativas, da publicidade à imprensa, do cinema à arquitetura, da ciência à televisão. E, mesmo quando não são cópias, apenas "inspirações", quase sempre ficam muito atrás do original.
12:53:48 - Pinto - 1 comentário

Priscilão Airways

Entreouvido ontem no hall de desembarque do aeroporto de Congonhas:

— Esse vai pra parada. Esse aí também. Esse outro tá louco pra ir mas a mãe dele não deixou.

E nisso desembarcam nossos convidados cariocas, estranhando um pouco o vôo cheirando a perfume e os passageiros "falando mole", até se darem conta do porquê. Indagado se iria à Parada Gay, nosso hóspede foi evasivo:

— Lá no Rio eu trabalho em frente à Farme de Amoedo. Não preciso disso.
11:35:20 - Pinto - Comentar

07 Junho

Um homem renascentista

E o que me parece maravilhoso nesta história de Operação Xeque Mate, mas que nossos coleguinhas da imprensa ainda não acharam que vale a pena escarafunchar, é que o injustiçado Nil*on Cé*ar Se*vo foi candidato a prefeito em três cidades diferentes de dois estados, Maringá (PR), Bonito e Campo Grande (MS). Deve ser recorde mundial. Parece até que a esposa foi candidata, também, em um quarto município. Um abnegado pela causa pública, sem dúvida, esteja ela em que cidade ou estado estiver.
12:15:55 - Zeno - Comentar

Espetáculo de crescimento

Deu na Inbox, cortesia do boletim eletrônico da Fapesp: "'Para criar um contexto em que as empresas apareçam, a questão-chave é reconhecer que o investimento em pesquisa e desenvolvimento traz grandes benefícios econômicos', diz o cientista inglês Simon Campbell, responsável pela criação do Viagra."

(crdt ap piqueteira)
10:56:35 - Zeno - 3 comentários

05 Junho

Numerologia é batata

Obteve-se o quórum mínimo de parlamentares para instaurar a CPI da Navalha: 171.

171, segundo a Receita Federal, é o código que identifica a profissão de jornalista.
23:18:39 - Pinto - 2 comentários

04 Junho

Pequena Contribuição para o Aclaramento de Novas Expressões da Língua Portuguesa

"Sindacta"

Advérbio. Modo que indica sensação ou sentimento de abandono, descuido, negligência. Abonações: "É uma adaga que vejo sindacta à minha frente?", "Penso sempre em Marcinha sindacta e languidamente", etc.

Adjetivo. Estado ou situação surpreendente, inesperada, de proveito repentino. Abonações: "Rapá, me vi numa sinuca sindacta e falei: quer conhecer minha coleção de mp3's?"; "O STF não espera uma solução sindacta para o caso", etc.

Substantivo. Pouco valor, inexpressivo, objeto de pouca estima. Abonações: "Armando, tu é um sindacta, mesmo, hein?"; "Saí daquela sindacta que era minha ex-namorada e parti pruma melhor", etc.

(para mais contribuições ao longo destes gautâmicos anos, clique aqui)
20:00:02 - Zeno - 3 comentários

Deu na Inbox Temporã

Receita Delícia de Peru Natalino
Receita básica - faça você mesmo!

Ingredientes:
- 01 Garrafa de whisky (do bom, é claro)
- 01 Peru de aproximadamente 5Kg
- Sal e Pimenta a gosto
- 350 ml de azeite de oliva
- 500 g de bacon em fatias

Modo de preparar:
- Envolver o peru no bacon e temperá-lo com sal, pimenta e bastante azeite. Tomar uma dose de whisky (você, não o peru).
- Pré-aquecer o forno por aproximadamente 10 minutos.
- Tomar outra dose (caprichada) de whisky enquanto aguarda.
- Colocar o peru em uma assadeira.
- Servir-se de umas duas doses de whisky.
- Axustar o termostato na marca 3 e, debois de uns 20 binutos, botar para assassinar, digo, assar a ave.
- Derrubar uma dose de whisky.
- Debois de beia hora, formar a baertura e controlar a asssadura do pato. (Não use Hipoglóss, he, he, he).
- Begar a garrava de biscuit e derramar uma dose.
- Debois de beia hora, cambalear até o vorno, abrir a porra da borta e botar no peru, digo virar a ave, no outro sentido.
- Tentar zentar na gadeira, servir-se de oooooutra dose sarada de whisky.
- Cozer (?), costurar (?), cozinhar (?), sei lá, foda-se o beru.
- Retirar a merda do beru.
- Mandar mais umas boas doses de whisky para dentro (de você, é claro).
- Tentar novamente tirar o filo da buta do beru do vorno, borque na brimeira dendadiva dõooo deu.
- Pegar o beru que gaiu no jão e enxjugar o bilho da buta com o bano de jão e cologá-lo numa pandeja ou em qualquer outra borra, bois avinal, você nem gossssssssssta muito desta bosta besbo. Bronto.

(crdt mônica b.)
11:16:56 - Zeno - 3 comentários

03 Junho

Rumo ao 1001

Romário é o cara

Homenagem dupla e atrasada: ao Cara dos Mil e ao desenho gentilmente enviado pela nossa fiel comentadora Iara.
20:28:18 - Zeno - 1 comentário

Pacote de Aluguel no Feriadão

E com a rapidez que nos caracteriza, qual marca d'água em dinheiro falso, puxemos para a página principal a dica de um site belga gentilmente cedida pelo leitor Rino, que anda com mais tempo livre do que o recomendado pela Organização Mundial de Saúde: Rent a Wife. A oferta de oito mulheres por 1600 euros/mês, por exemplo, nos pareceu uma pechincha.
19:39:35 - Zeno - Comentar

Ele bota a sogra no Serasa

O biscoito é fino. A análise das relações escusas entre a MPB e a Gautama, finíssima. De grosso, mesmo, só nossa lentidão em indicar mais um blog batuta, malemolente e esquecido pelas propinas da empreiteira. Com vocês, Ingresia, do soterotrepidante Franciel.
19:16:51 - Zeno - 2 comentários

02 Junho

No país da piada pronta, versão 8.0

E não é que os empreiteiros budistas da Gautama alegam que os "mimos" distribuídos à patota eram apenas cocada.

Preta, suponho.
19:49:03 - Pinto - Comentar

01 Junho

Figuras de linguagem que amamos

Muito pelo contrário.

Entreouvido num restaurante, acerca de uma bela dama com um ligeiro buço:

"Se o caminho está lotado assim, imagine a festa!".

Fino, não?
10:40:16 - Pinto - 5 comentários

.:: mês anterior :: :: :: :: June 2007 :: :: :: :: próximo mês ::.